Maternidade Alfredo da Costa vai fechar

Sinto uma enorme tristeza. Sinto que deixei de existir.

A Maternidade Alfredo da Costa é Património no sentido mais lato da palavra. É injusto que se mate agora uma maternidade que tanto de Vida deu ao País. Loures? Não, muito obrigada. “Alfacinha de gema”, sempre.

http://sol.sapo.pt/inicio/Sociedade/Interior.aspx?content_id=31184

Futuro? Pelo que se diz e se escreve…

Ao menos alguém pensou em fazer daquele espaço o maior centro de Artes Digitais e Multimédia da Europa que se auto-sustente pela sua unicidade? Alguém pensou em criar ali residências artísticas pagas pelos próprios artistas? Um cluster criativo associado às melhores marcas do Mundo? Ah, desculpem, estou em Portugal. Esquecia-me disso. O destino deverá ser uma sede do Ministério da Saúde.


About this entry